Por categoria:

  • Recursos Humanos

Assessment: para que serve e quais são os tipos e ferramentas de avaliação?

Camila Silva
  • 10 de setembro de 2021
  • 5 min de leitura
infopeople

Na área de Recursos Humanos, é importante buscar estratégias que contribuam para melhorar o desenvolvimento das pessoas e, consequentemente, o desenvolvimento das organizações. Assessment é um desses pontos. Trata-se de uma metodologia utilizada nas empresas que oferecem mais precisão para as tomadas de decisão, de modo que as pessoas sejam destinadas para outras responsabilidades e/ou funções.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você entenda com mais detalhes sobre o método, confira os diferenciais de implementá-lo, além de entender como ele pode ser implementado. Continue a leitura e saiba mais!

O que é assessment?

Em uma empresa, para alcançar melhores resultados, não basta contar com os melhores talentos. Entenda: você selecionou a pessoa que tenha fit cultural com a organização e que atende às expectativas para a função designada. Porém, de acordo com o seu perfil, ela entregaria muito mais resultados em outra função ou em outro departamento. Atualmente, ela cumpre com o que foi acordado, com a diferença que ela tem potencial para muito mais.

Esse é o objetivo do assessment: identificar quais são as habilidades necessárias para que as pessoas contribuam para o sucesso da empresa, direcionando-as para cargos ideais para o seu perfil. Traduzindo de forma literal, temos avaliação. Porém, a empresa não apenas vai avaliar aquela pessoa, como também vai orientá-la e apontar tendências de comportamento, potencial e performance.

Para o colaborador, essa é uma oportunidade de se autoconhecer e de desenvolver habilidades que muitas vezes estava intrínseca. Sendo assim, temos um método que traz ganhos para ambas as partes, o que amplia ainda mais as oportunidades de a empresa se destacar positivamente no mercado.

Como funciona o Assessment na empresa?

O assessment funcionará de forma diferente de acordo com a jornada do colaborador. Entenda: no momento de contratar pessoas para a empresa, a avaliação do currículo será um dos primeiros passos para identificar se aquele colaborador entraria ou não no processo seletivo.

Porém, apenas se restringir ao currículo não é a estratégia mais interessante. Afinal, existem outras habilidades, comportamentos e tópicos que devem ser avaliados em uma pessoa antes de trazê-la para as atividades de seu negócio. O assessment funcionará, dessa forma, para otimizar o trabalho de gestão de pessoas, de modo que haja ganhos para as contratações ao mesmo tempo em que traz mais facilidades para o trabalho da equipe.

Quais os benefícios do assessment para as empresas?

Agora que você já sabe o que é o assessment e como funciona, chegou o momento de conhecermos os benefícios que ele traz para as empresas. Veja!

Tomadas de decisão mais efetivas

Tomar decisões baseadas em dados e em análises precisas é um dos grandes diferenciais para qualquer empresa e área, inclusive a de RH. Hoje, o setor é visto como muito mais estratégico, de modo que ele atua diretamente para os resultados macro de uma organização.

Nesse sentido, o assessment vai possibilitar ainda mais precisão nesse sentido. Voltando ao exemplo da contratação, é uma oportunidade de buscar pessoas que tenham fit e que ainda se encaixem na vaga certa dentro de seu negócio, o que vai reduzir as taxas de turnover e aumentar as chances de os resultados pré-estabelecidos no planejamento estratégico serem alcançados com mais facilidade.

Melhorias para o clima organizacional

Clima organizacional é a percepção que pessoas têm em relação às políticas, práticas e processos do negócio. Se essa percepção for negativa, seja pelo qual motivo for (política de benefícios, lideranças, demandas etc.), consequentemente o clima organizacional será negativo.

No caso do assessment, trará a garantia de que as pessoas certas estão nos cargos certos. Dessa forma, a sua motivação para alcançar as metas do negócio é maior, bem como as possibilidades de ele buscar por inovação para as suas funções ampliam significativamente.

Ou seja, a equipe contará com mais pessoas capacitadas e satisfeitas, o que vai afetar o sucesso da empresa como um todo.

Retenção de talentos

Quando falamos de retenção de talentos, precisamos nos remeter diretamente aos custos de uma empresa. Demitir e contratar pessoas gera gastos para a gestão, tanto relacionados às questões burocráticas previstas na legislação trabalhista quanto na demanda de treinamento e desenvolvimento das novas pessoas contratadas. Além disso, é preciso levar em conta que vai levar um certo tempo de rampagem. Ou seja, os resultados não serão os mesmos do que aquele que pediu desligamento.

Novamente, batemos na tecla de que as pessoas certas nos cargos certos contribuem para essa baixa rotatividade. Sendo assim, é um diferencial para que o negócio possa reduzir os custos gerais sem que afete a qualidade dos serviços ofertados.

Como usar o assessment a seu favor?

Agora, explicamos um pouco mais sobre formas de utilizar o assessment a seu favor. Veja!

Preocupe-se com o desenvolvimento de seus profissionais

O assessment por si só será apenas uma avaliação que cumprirá com os objetivos previamente explicados neste material. No entanto, para que a empresa possa crescer e se destacar no mercado, existe a necessidade de estar atenta ao desenvolvimento contínuo das pessoas.

Entenda: suponhamos que houve a contratação de uma pessoa certa para a vaga certa. Porém, depois que esse processo foi finalizado, o negócio não mais se atentou quanto às perspectivas daquele colaborador e às necessidades que ele tinha para se desenvolver.

Com o tempo, existem os riscos de mesmo assim ele começar a ficar insatisfeito com as suas funções e procurar por outras oportunidades. Dessa forma, o Plano de Desenvolvimento Individual funcionará como uma importante ferramenta que alia os interesses do funcionário com os interesses da empresa, de modo que as lideranças possam acompanhar o plano de ação criado para propor melhorias e oferecer feedbacks construtivos.

Entenda as necessidades da empresa

Independentemente de qual seja a metodologia buscada pelo negócio, é essencial estar atento quanto às necessidades da empresa. Assim, há a possibilidade de direcioná-la para suprir os gaps do negócio, e a estratégia será voltada especificamente para o que a empresa precisa.

Se a taxa de turnover de uma determinada área está mais elevada do que o normal, é um sinal de que as contratações, o salário ou desenvolvimento do time está aquém do que o do restante da empresa. Nesse sentido, o assessment funcionará como um importante aliado para que haja a retenção de pessoas nessa equipe, o que traria reflexos diretos para os resultados de uma empresa.

Evite o uso de assessment para demissões e desligamentos

Por fim, sugerimos que se evite utilizar o assessment para demissões e desligamentos. Afinal, trata-se de uma metodologia cujo objetivo é o de aperfeiçoar e identificar habilidades, trazer pessoas que se encaixam nas funções designadas e melhorar o desempenho da empresa. Ou seja, não deve ser um mecanismo de punição para as pessoas envolvidas.

Quais são os tipos de assessment?

Entender os tipos de assessment contribuirá para que a sua empresa possa escolher por aquele que mais se encaixa com as necessidades do negócio. Confira!

Assessment pessoal

Trata-se de um dos tipos de assessment mais utilizados quando nos referimos à contratação de pessoas de um time. Por meio dele, a equipe tem a oportunidade de identificar quais são as características comportamentais, de personalidade e técnicas de uma pessoa, trazendo insumos para comparar com as principais posições em aberto.

Assessment cultural

Ao longo do material, mencionamos algumas vezes sobre fit cultural e cultura organizacional. Esses componentes são fundamentais para o sucesso de um negócio e devem ser priorizados para o crescimento da empresa, bem como para a contratação de pessoas.

No caso do assessment cultural, vai haver o entendimento de quais são as ideias, valores e crenças que vão influenciar na motivação das pessoas, entendendo se o que as pessoas mais valorizam estão de acordo com as ideias da empresa como um todo.

Assessment de desempenho

Conforme mencionamos, é preciso estar atento ao desenvolvimento das pessoas e a um PDI que impacte a carreira do profissional. Para verificar como anda a produtividade da empresa, o assessment para desempenho funcionará para oferecer respostas sobre o questionamento, melhorando a visão estratégica do RH no que se refere aos profissionais da organização.

Coaching assessment

Por fim, o coaching assessment vai identificar de qual forma as pessoas podem ser treinadas para atuar em pontos de melhoria, atuando no desenvolvimento das pessoas.

Nesse caso, a tecnologia poderá auxiliar de forma direta para o negócio, uma vez que existe a possibilidade de optar por EADs e encontrar profissionais que se encaixam com as necessidades de cada área e que ofereçam aprendizados que podem ser aplicados de forma direta no dia a dia da organização.

Conforme vimos, o assessment é uma metodologia que só tende a acrescentar para a sua empresa. Ao longo do texto, abordamos frequentemente sobre a taxa de turnover, absenteísmo e rotatividade. Se deseja saber mais sobre o tema, continue no blog e acompanhe um outro conteúdo que produzimos!

Conheça o unico | people
thumb
Digitalize seu DP com assinatura eletrônica e admissão 100% digital
  •  iconeAdmita um funcionário em até 43 minutos
  • iconeAssine eletronicamente todos os documentos de RH
  • iconeGerencie todas as suas contratações em tempo real
  • iconeSuporte ao candidato 24 x 7 via chatbot
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da tendências do mundo do RH.

Artigos relacionados