Por categoria:

  • Bancos
  • biometria
  • Financeira
  • Fintech
  • Fraudes
  • Segurança da Informação

Reconhecimento facial: como funciona, para que serve e os benefícios dessa tecnologia

Camila Silva
  • 22 de setembro de 2020
  • 7 min de leitura
infocheck
Reconhecimento facial: como funciona, para que serve e os benefícios dessa tecnologia

Hoje, a Inteligência Artificial funciona como uma importante aliada das empresas, independentemente do nicho de atuação. Por meio dela, as organizações têm a possibilidade de oferecer mais segurança para seus clientes e também uma melhor experiência, bem como otimizar suas atividades no dia a dia. Nesse contexto, o sistema de reconhecimento facial se destaca. Você já ouviu falar sobre essa solução e em como ela pode impactar positivamente o seu negócio? 

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você confira um material completo sobre o tema: entenda o que é, como funciona e quais são os seus principais benefícios. Continue a leitura e saiba mais! 

O que é reconhecimento facial? 

Com a popularização da internet e dos smartphones, inúmeras empresas passaram a explorar o mercado online para expandir os negócios e impulsionar as vendas. Recentemente, outro fator acelerou este processo: a pandemia de COVID-19. Para vencer as dificuldades impostas pelas medidas restritivas, muitas empresas passaram a comercializar produtos e serviços, via e-commerce e marketplaces. Neste contexto, diversas soluções de identificação de identidade ganharam destaque no mercado, entre elas: o reconhecimento facial. 

Você deve estar se perguntando: mas o que de fato é essa tecnologia? Trata-se de uma solução que vai mapear as características faciais de uma pessoa, armazenando esses dados como uma impressão facial. Isso ocorre devido ao uso de algoritmos que comparam a imagem real com a imagem armazenada em um banco de faces, contribuindo para verificar a identidade do usuário. 

Para se ter uma ideia, são identificados cerca de 80 pontos nodais de uma face. Ou seja, em nosso rosto, há diversos pontos e extremidades variáveis que contribuem para traçar o nosso perfil. Entre eles, pode-se destacar: 

  • Largura do nariz; 
  • Distância entre os olhos;
  • Profundidade dos olhos;
  • Formato das maçãs do rosto; 
  • Entre outros. 

É justamente por meio da captação dessas características que o sistema armazenará os dados e criará uma impressão facial, utilizando-a para validação e autenticação da identidade de uma pessoa. 

Como funciona o reconhecimento facial? 

Conforme explicado, o rosto de uma pessoa conta com características únicas que podem ser armazenadas e identificadas para as mais diversas situações. Com o objetivo de realizar esse processo, a tecnologia tem a capacidade de detectar e coletar essas características, gerando uma “identidade facial” e transformando-a em código numérico.

Em seu banco de dados previamente definido, essa identidade é comparada com imagens presentes no sistema. Assim, a tecnologia poderá determinar o nível de similaridade entre o rosto avaliado e a imagem já presente no banco. Entenda como funciona esse processo: 

1. Rastreamento da face 

Inicialmente, o sistema vai rastrear a imagem capturada com o objetivo de detectar a posição e a localização de um rosto. É como se fosse registrar uma fotografia do usuário, visando identificar as suas principais características. Ao capturar a imagem (que pode ser feita por equipamentos simples do dia a dia, como webcam ou câmera do computador e celular), a imagem será armazenada no banco de dados da tecnologia. 

Nessa foto, alguns filtros são aplicados visando justamente detectar as principais formas do rosto, como: 

  • Olhos; 
  • Nariz; 
  • Boca; 
  • Presença de cicatrizes; 
  • Contorno da face; entre outros. 

2. Extração de características 

Conforme explicamos, cada pessoa conta com características distintas que contribuem para traçar o seu perfil e permitir a identificação do usuário. Nessa fase, é justamente a análise dessas particularidades que serão feitas para formar uma espécie de assinatura facial. 

A obtenção dessa assinatura completará a etapa. Nessa etapa, o principal objetivo será calcular as especificidades do rosto e buscar nos detalhes as diferenças existentes entre cada pessoa. 

3. Comparação com base de dados 

Um dos principais objetivos do reconhecimento facial é trazer mais segurança para os processos, independentemente da área de atuação do negócio (explicaremos um pouco mais sobre isso mais adiante). 

 Por isso, ao registrar a assinatura facial, a análise de dados será feita, permitindo uma comparação das informações obtidas com a base de dados registrada. Assim, há a

possibilidade de comprovar a veracidade daquela identidade, proporcionando a segurança buscada pela empresa. 

Recapitulação do funcionamento do reconhecimento facial 

A seguir, recapitulamos como funciona o reconhecimento de faces. Entenda um passo a passo: 

  1. Uma câmera captura o rosto da pessoa; 
  2. O registro feito é enviado a um sistema; 
  3. Esse sistema faz a leitura detalhada do rosto, conforme as suas principais características; 
  4. As informações capturadas são codificadas em uma sequência numérica digital; 
  5. A sequência é anexada ao cadastro de cada usuário; 
  6. Um banco de dados arquiva todas as informações capturadas; 
  7.  É formada a identidade facial no sistema. 

Como usar um sistema de reconhecimento facial nos processos de segurança? 

Conforme explicamos, um dos principais diferenciais do reconhecimento facial é trazer mais segurança aos processos de autenticação e validação de identidade das empresas. A seguir, explicaremos como sua utilização funciona para proporcionar esse ganho. Confira: 

● Prevenção de fraudes de identidade 

Em empresas de diversos segmentos é fundamental buscar alternativas que contribuam para evitar fraudes no negócio. Como o reconhecimento facial trará melhorias nesse sentido? Por meio desse sistema, ficará mais difícil para um fraudador se passar por um cliente justamente por essa tecnologia identificar o rosto de cada usuário (que é único) sem a necessidade de expor dados sensíveis das pessoas. 

● Realização de transações 

As transações necessitam de cuidados por parte das empresas, especialmente para o controle de acesso aos dados dos usuários e também para garantir a segurança de que o serviço será oferecido sem trazer nenhum tipo de prejuízo ao cliente. Sendo assim, existe a possibilidade de realizar transações (pagamentos, por exemplo) a partir do reconhecimento facial.

● Controle de acesso 

A segurança proporcionada pelo reconhecimento facial não se limita ao âmbito digital. Por meio dessa solução, também existe a possibilidade de realizar o controle de acesso de pessoas autorizadas a determinado espaço (muito utilizado por empresas que desejam facilitar o dia a dia de suas organizações). 

Quais são as principais vantagens do reconhecimento facial para a empresa? 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o significado de reconhecimento facial, chegou o momento de entendermos os principais benefícios que eles trazem para as empresas. Veja! 

● Redução das tentativas de fraudes 

Conforme explicamos, as fraudes são um problema para empresas de diversos segmentos. Elas trazem prejuízos para o negócio e ainda podem minar a credibilidade da empresa. Como o reconhecimento facial identifica as características individuais das pessoas, consequentemente as tentativas de fraude de identidade serão reduzidas significativamente, uma vez que os dados biométricos são únicos. 

● Melhora na experiência do usuário 

Um dos principais gargalos das empresas é proporcionar a otimização de processos sem afetar a própria segurança. A experiência do cliente vai além de apenas oferecer um bom produto e atendimento: são pontos fundamentais para o sucesso de sua marca, mas é preciso buscar por opções mais amplas. 

Ao trazer soluções que proporcionam agilidade – sem deixar de lado a segurança – para os processos da sua empresa, você melhora a experiência do usuário e retira a fricção no momento da validação de identidade, o que torna este um ponto positivo para seu negócio. 

Além disso, as operações também serão mais práticas para os colaboradores. Lembre-se: trazer ferramentas que também proporcionam maior satisfação de seus profissionais é fundamental, justamente por contribuir para uma redução da taxa de turnover e maior produtividade de toda a equipe. 

● Diminuição de perdas financeiras 

Fraudes de identidade geram prejuízos financeiros e afetam a credibilidade da empresa no mercado. Com a solução de reconhecimento facial no e-commerce, por exemplo, a empresa consegue impedir que fraudadores comprem produtos e serviços, valendo-se da identidade de terceiros. Login e senha podem ser hackeados, mas é impossível fraudar o reconhecimento facial, pois os dados biométricos são únicos. 

● Aumento da conversão em vendas 

Muitas vezes, o cliente pode ficar insatisfeito por não ter um retorno ágil de sua empresa. Consequentemente, há os riscos de o negócio diminuir a conversão em vendas, justamente por não oferecer uma experiência de compra agradável. Como o reconhecimento facial vai facilitar o onboarding de novos clientes e trará agilidade para realização de diversos outros processos, naturalmente haverá um aumento da conversão em vendas. 

● Flexibilidade

Geralmente, as empresas ficam receosas em buscarem por novas soluções devido à adaptação dessa tecnologia à realidade do negócio, bem como a usabilidade de seus profissionais com a nova ferramenta. No entanto, não há com que se preocupar quando o assunto é reconhecimento facial. 

A tecnologia é compatível tanto com o ambiente de desktop quanto com o mobile. Sendo assim, o cliente também tem a possibilidade de autenticar a sua face de qualquer equipamento que tenha uma câmera (tão fácil nos dias de hoje com a explosão dos smartphones e uso de tablets). 

Inovação

Além de todos esses benefícios citados, a assertividade no reconhecimento facial proporciona à sua empresa destaque como uma organização que se preocupa com a transformação digital e está atenta aos mais diferentes produtos do mercado que possam trazer mais segurança ao cliente e, principalmente, proporcionar ganhos em todo o processo de compra. 

Reconhecimento facial e LGPD: conformidade legal 

O reconhecimento facial por meio de biometria é uma solução tecnológica que proporciona mais agilidade e segurança à validação e autenticação de identidade, nos processos de cadastro e transações. Contudo, ao implementar o sistema de reconhecimento de face, é crucial atender às normas legais sobre privacidade e proteção de dados dos clientes. 

A biometria facial deve ser feita em conformidade com a Lei Geral de Proteção aos Dados Pessoais (LGPD). É importante saber que os dados biométricos são classificados pela LGPD como dados pessoais sensíveis. Sendo assim, o reconhecimento facial é um procedimento que deve ser realizado conforme as regras da LGPD, considerando os princípios de: 

  •  Finalidade: informar o motivo da coleta, armazenamento e tratamento de dados pessoais. Exemplo: a biometria facial é necessária para validar e autenticar uma compra online, em tempo real, evitando o uso indevido do cartão de crédito de outra pessoa. 
  • Adequação: o tratamento de dados deve corresponder ao contexto no qual foram coletados. Exemplo: a biometria facial só pode ser usada para as finalidades consentidas pelo titular dos dados biométricos, no momento do cadastro. 
  • Necessidade: o procedimento é indispensável à realização de um objetivo específico. Exemplo: controle e segurança em transações financeiras ou bancárias por meio de aplicativo ou internet banking. 

Dessa forma, ao adotar o reconhecimento facial por vídeo ou foto, é fundamental esclarecer o público-alvo sobre a finalidade da coleta desse tipo de dados pessoais, como serão tratados e compartilhados e por quanto tempo permanecerão armazenados. 

Biometria facial: validação e autenticação de identidade em duas etapas 

O reconhecimento facial é um procedimento que pode ser realizado em dois momentos importantes do relacionamento da empresa com o público-alvo: no onboarding de clientes (cadastro) e nas transações posteriores à validação do cadastro. Pensando nisso, a solução Unico Check de identificação de identidade via biometria facial, atua com duas funcionalidades: Score de Autenticação e Token Biométrico, que explicaremos a seguir. 

Score de Autenticação no cadastro do cliente 

O ponto de partida do processo de onboarding é o cadastramento da biometria facial do cliente no banco de dados da empresa. O procedimento pode ser feito presencialmente ou por meio de sites e/ou aplicativos das empresas. 

O objetivo dessa etapa é validar a identidade do cliente, com base no Score de Autenticação, ou seja, a imagem do cliente tirada na hora será comparada à foto do documento de identidade e a imagens armazenadas em outros bancos de dados, para atestar que a pessoa não é um possível fraudador. 

Processos recorrentes com Token Biométrico

Após o cadastro, o cliente irá realizar processos recorrentes, como por exemplo, pagamentos, alteração de login e senha, compras online, transações bancárias e financeiras, entre outras atividades. 

Neste caso, a identidade é validada por meio de Token Biométrico, isto é, a selfie do cliente, em tempo real, é comparada a sua própria biometria facial coletada e armazenada, no momento do cadastro, pela empresa. 

Ao autorizar a coleta de dados biométricos da face, por exemplo, na abertura de uma conta em banco digital, o cliente poderá utilizar a autenticação facial para a aprovação de transferências de dinheiro, pagamentos e outras transações. Mais comodidade, rapidez e segurança no atendimento. 

Conclusão

Neste conteúdo, você pôde entender um pouco mais sobre o que significa reconhecimento facial, como esse tipo de tecnologia funciona, além de ficar por dentro dos principais benefícios trazidos por ele. Conforme abordado, é fundamental buscar por alternativas que possam trazer mais credibilidade para a sua empresa e também proporcionar diferencial competitivo, uma vez que essa estratégia contribuirá significativamente para os seus resultados. 

Para saber mais como a tecnologia Unico reconhecimento facial pode ajudar seu negócio, conheça a solução Unico Check.

Conheça o unico | check
thumb
Identifique seus clientes com a maior base biométrica facial do Brasil
  •  icone Reduza fraudes de identidade
  • icone Agilize seu processo de onboarding
  • icone Reduza custos com antifraude
  • iconeElimine custos com mesa de análise
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da biometria facial.

Artigos relacionados