• Gestão à distância

Você sabe o que é BPM?

Por unicoauto
  • calendário 14/01/2021
  • relógio 3 min de leitura
thumb

Como o gerenciamento de processos beneficia sua empresa

Não há uma maneira mais eficaz de otimizar a operação de uma organização a não ser conhecendo e gerindo todos os seus processos. Atualmente, um dos melhores métodos de gestão é o Business Process Management (BPM), ou Gerenciamento de Processos de Negócio. De forma bem conceitual, BPM é uma disciplina de gestão e transformação organizacional, ou seja, um conjunto de técnicas, ferramentas e métodos que geram uma transformação no seu negócio. 

Geralmente, quando uma empresa nasce e começa sua jornada, cria o modus operandi baseado na maneira de trabalhar de quem está à frente dela, seu criador, dono ou diretor. Após um tempo, esse modus operandi torna-se padrão da empresa. É neste ponto em que surge o problema, já que nem sempre aquela forma de trabalhar é a mais eficaz.

Portanto, o BPM entra para mudar o modus operandi da organização e trazer fluidez aos processos. O objetivo macro da implementação do BPM dentro de uma empresa sempre será a transformação e otimização dos processos. Além disso, existem objetivos com o uso do mapeamento de processos, como diminuição de custos, aumento da receita, da rentabilidade, da velocidade de entrega e da satisfação do cliente. 

Gerenciamento de processos: por que implementar o BPM na minha empresa?

As empresas que não fazem o gerenciamento de processos relatam comumente algumas dores, entre elas a insatisfação do cliente, altos custos, não geração de receita, falta de produtividade dentro da organização e problemas de comunicação. Além do mais, existem dois casos: não ter uma ferramenta para automatizar os processos ou não ter os processos estruturados. São pontos diferentes, pois a automação atua como uma ferramenta para fazer com que esses processos desestruturados comecem a fluir dentro da organização. 

O gerenciamento de processos funciona então como um meio para pegar essas dores e projetar um ganho antagônico a essa dor. Por exemplo, se a empresa relata uma dor de baixo faturamento, o ganho que a organização pretende alcançar aplicando o ciclo de BPM é o aumento da receita. O ganho sempre será antagônico à dor com o propósito de mudar essa situação. O caminho da dor até o ganho e a satisfação mensurável do cliente será toda a construção, transformação gerada e oportunidades de melhoria, sanando os pontos críticos dentro do processo.

O fato é que a maior dor de um empresário é acordar com contas para pagar, começar o mês devendo para funcionários, fornecedores e não ter insumos para produzir. Dessa maneira, utilizar ferramentas de BPM na empresa significa não desperdiçar recursos, otimizar as ações, atividades dos funcionários e clientes, aumentar a produtividade e, consequentemente, ampliar a quantidade de clientes, bem como sua satisfação, proporcionando assim, mais lucro à organização.

Os cinco benefícios do BPM

Dos inúmeros benefícios que uma empresa conquista ao decidir gerenciar seus processos de negócio, destacam-se os cinco a seguir:

  • Ganho mensurável para o cliente: estabelecer os indicadores de desempenho para o seu processo de entrega, determinar a partir de uma transformação quais ganhos serão gerados para seu cliente e, com uma série de técnicas de BPM, gerar esse ganho;
  • Reduzir custos: quando há um retrato claro de seu processo, é possível saber onde estão os gastos. Com alguns controles em prática você consegue diminuir custo e atingir a economia desejada, mantendo ou aumentando a produtividade;
  • Aumentar o lucro da empresa: além de geralmente ser uma das consequências da redução de custos, o aumento do lucro também pode ocorrer após a criação de novos produtos, aumento da produtividade, da quantidade de entregas, vendas e de clientes, graças à gestão dos processos;
  • Satisfação do cliente: o BPM garante maior e melhor produtividade, entregas mais rápidas sem perder a qualidade e atendimento padronizado, aumentando assim a satisfação do cliente;
  • Qualidade e quantidade: ao estabelecer indicadores de eficiência e eficácia dentro de um processo, você começa a trabalhar com produtividade, e quanto mais se produz sem perder qualidade, otimizando recursos, ganha-se produtividade qualificada. 

A falta de BPM nas empresas engessa os processos, assim como o seu mau uso ou não saber implantá-lo. É por isso que o BPM vem para trazer fluidez e produtividade às organizações corporativas. E já que toda empresa é uma coleção de processos, qualquer companhia pode utilizar o BPM. Clique aqui e saiba como a Unico Auto pode ajudar a sua organização no gerenciamento de processos de negócio.

Conteúdos relacionados

icone logo n unico

Inscreva-se e fique por dentro dos melhores conteúdos

icone de um emoticon sorrindo Não se preocupe, nós nunca te enviaremos spam, ok?

Preencha nosso formulário