Por categoria:

  • Employer Branding
  • Produtividade
  • Recursos Humanos
  • Transformação Digital

RH Ágil: o que é, benefícios e como implementar essa metodologia

Letícia Beilfuss
  • 4 de julho de 2022
  • 9 min de leitura
infopeople

Há muito tempo o setor de RH deixou de ser apenas um conciliador de conflitos entre colaboradores e empresas e passou a ter um papel muito mais estratégico nas organizações. Com essa evolução dos Recursos Humanos, diversas atividades foram sendo incluídas como responsabilidade desses profissionais, tornando muitas vezes difícil a tarefa de conciliar os processos burocráticos do dia a dia com as ações planejadas de gestão de pessoas. Foi neste contexto que acabou surgindo o RH Ágil, uma abordagem baseada em metodologias ágeis para auxiliar a área a se tornar cada vez mais estratégica. 

Você já ouviu falar na metodologia? Quais são os seus benefícios? De que forma você pode implementá-la no RH da sua empresa? É justamente sobre isso que vamos falar no artigo de hoje, então continue a leitura para levar esta técnica para o seu RH.  

O que é RH Ágil?

Antes de entendermos o que é o RH ágil, precisamos dominar o conceito das metodologias ágeis. Na gestão de projetos tradicionais, que funciona em ciclos, uma etapa só pode ser iniciada depois do término da etapa anterior. Ou seja, processos não funcionam de forma paralela. Porém, a metodologia ágil propõe importantes mudanças nesse cenário, com o objetivo de, principalmente, trazer melhorias para o desenvolvimento da empresa e proporcionar entregas mais efetivas.

Na metodologia ágil, teremos times considerados multidisciplinares. Nela, os projetos serão divididos em tarefas e entregues a cada ciclos, que podem variar a sua duração, de acordo com as necessidades da área e da empresa. Consequentemente, se houver necessidade de implementar melhorias, elas podem ser feitas de forma mais rápida e proativa, melhorando os resultados da empresa como um todo.

Dessa forma, o RH ágil, seguindo por uma lógica parecida, conta com algumas premissas:

  • redes colaborativas — existem menos estruturas hierárquicas, mais voltado para pessoas que trabalhem em conjunto visando melhorias para os processos;
  • transparência — da mesma lógica anterior, se o trabalho é mais colaborativo, é natural que a gestão siga com processos transparentes;
  • adaptabilidade — o mercado muda continuamente é comum que as equipes e processos também mudem conforme as necessidades do negócio;
  • inspiração e comprometimento — a preocupação deve ser maior em inspirar as pessoas e menor no gerenciamento;
  • motivação intrínseca;
  • ambição.

Conforme mencionamos, o RH tem se tornado uma área mais estratégica. E é esse um dos objetivos do RH ágil. Fazer com que o setor deixe de ser uma área especificamente operacional e tenha mais foco no colaborador. Porém, uma diferença deve estar clara: questões burocráticas continuam sendo importantes para a empresa. No entanto, existem ferramentas e soluções que automatizam essas demandas, aumentando a produtividade do time como um todo.

Os pilares do manifesto do RH ágil

A implementação do RH ágil busca fortalecer o setor e valorizar seu trabalho frente ao capital que mais importa para as empresas, o humano. Para que isso seja possível, como toda metodologia, o RH ágil conta com alguns pilares: 

  • Redes colaborativas mais do que estruturas hierárquicas;
  • Transparência mais do que sigilo; 
  • Adaptabilidade mais do que prescrição;
  • Inspirar e comprometer-se mais do que gerenciar e reter;
  • Motivação intrínseca mais do que recompensas extrínsecas; 
  • Mais ambição do que obrigação. 

Qual a diferença do RH ágil para o RH tradicional?

Agora que você já conhece o significado de RH ágil e seus principais pilares, chegou o momento de entendermos a diferença entre esse conceito com o RH tradicional.

RH tradicional

Confira algumas das características de diferentes demandas do RH tradicional:

  • recrutamento e seleção — no RH tradicional, o processo de recrutamento e seleção se inicia apenas quando há uma vaga aberta. Ou seja, não há a preocupação da empresa com os talentos do mercado em um período prévio, de modo que mais pessoas se interessem por fazer parte dessa equipe;
  • treinamento e desenvolvimento — no caso do RH tradicional, o treinamento é elaborado para que a equipe atinja os resultados almejados pela empresa e alcance as suas metas, sem ter atenção voltada para as suas habilidades e competências e em como a empresa poderia contribuir nesse sentido;
  • projeção de carreira — há uma definição precisa sobre cargos e vagas dentro da empresa, impedindo muitas vezes que as pessoas possam inovar em suas funções;
  • gestão de talentos — o próprio RH é responsável por atrair e desenvolver seus talentos.

RH ágil

Da mesma forma, as demandas do RH ágil contam com as seguintes características:

  • recrutamento e seleção — no RH ágil, a preocupação em atrair talentos vai desde antes de uma vaga ser aberta para o mercado. Aqui, existem práticas de employer branding que contribuam para um bom clima organizacional da equipe, melhorando a imagem da empresa no mercado e contribuindo para atração de talentos;
  • treinamento e desenvolvimento — a atenção é voltada para que os profissionais possam entregar o máximo de suas habilidades, com programas de treinamento e desenvolvimento constantes, independentemente dos resultados da área ou do setor;
  • projeção de carreira — vai haver um incentivo contínuo para que o profissional possa se desenvolver continuamente. Nesse sentido, ele tem a oportunidade de atuar em diferentes frentes, independentemente de seu setor;
  • gestão de talentos — o próprio colaborador será responsável por traçar uma trilha de desenvolvimento para a sua carreira.

Quais os diferenciais do RH ágil?

A grande tendência para o setor de RH está no uso da tecnologia como facilitadora de processos e isso também faz parte da implementação do RH ágil. A seguir, selecionamos alguns dos principais diferenciais da metodologia para as empresas. Confira!

Melhora na produtividade

Aumentar a produtividade do time sem que isso afete a qualidade dos produtos e serviços é um dos desafios para as empresas. Nesse sentido, o RH ágil se destaca. Por meio dele, a equipe vai avaliar constantemente os processos, analisando aquilo que não obtém um resultado dentro do que foi esperado pelo time.

Além disso, vai haver o entendimento de que o sucesso dos projetos não depende apenas de um profissional em específico — existe a necessidade de todo o grupo se comprometer com melhorias para as entregas.

Simplificação de processos

Conforme mencionamos, com metodologias ágeis os processos não se iniciam apenas com o término da etapa anterior. Isso contribui para que a equipe entenda constantemente o que vem dando certo e o que pode ser aperfeiçoado, contribuindo para que haja simplificação das diferentes etapas.

Outro ponto importante nesse sentido está relacionado com a desburocratização. Como uma das premissas é o trabalho colaborativo e a transparência, sempre que um profissional tiver uma ideia para ser executada que contribuirá para os resultados do time como um todo, ele terá mais facilidade para tirar o projeto do papel, de forma que o planejamento, o desenvolvimento e a finalização dessas etapas trarão ganhos para toda a empresa.

Profissionais com conhecimentos mais amplos

O treinamento e desenvolvimento, por meio do RH ágil, não será voltado apenas para o alcance de metas e para suprir necessidades específicas do time. A atenção será voltada, também, para que as pessoas possam adquirir conhecimentos mais amplos e trabalhar em diferentes frentes na empresa.

Dessa forma, a equipe terá a possibilidade de desenvolver outras habilidades e competências, contribuindo para a formação de profissionais mais completos e com uma visão mais abrangente dos processos da organização.

O que muda no papel do profissional de recursos humanos com o RH ágil

Diante da implementação do RH ágil, todo setor de Recursos Humanos precisa passar por adaptações, e isso também inclui o papel do profissional responsável pela área. A postura desses profissionais é fundamental para construir a agilidade desejada. Então, veja agora alguns pontos para os quais você precisará ficar atento. 

1. Recrutamento

Como falamos anteriormente, o processo de recrutamento dentro da metodologia do RH ágil pressupõe um olhar atento para o mercado em busca de novos talentos, independentemente de ter vagas abertas na empresa ou não. Por isso, todas as etapas de recrutamento e seleção precisarão ser mais rápidas e assertivas, contratando profissionais com capacidades técnicas e sociáveis de acordo com as necessidades da organização. 

2. Configuração das equipes

Organizações que trabalham sob a metodologia do RH ágil costumam tirar o foco da hierarquia, construindo equipes de trabalho horizontais e, geralmente, sob a configuração squad, que abordaremos mais adiante, ou seja, com pessoas de diferentes áreas trabalhando juntas, transformando os setores em multidisciplinares. Por isso, o profissional de RH precisará ficar atento para formar boas equipes de trabalho, estimulando a autogestão e a autonomia na tomada de decisões. 

3. Feedback e avaliações de desempenho

Na implementação do RH ágil também será responsabilidade dos profissionais do setor desenvolver sistemas de feedbacks mais pontuais, imediatos e recorrentes. Cada RH deverá encontrar a técnica que mais se adéque a realidade da sua organização, mas sempre lembrando que esses retornos são fundamentais para o bom desempenho das atividades e para os resultados da empresa. 

4. Papel das lideranças

Outro passo fundamental a ser dado pelos profissionais de RH na metodologia ágil é auxiliar as lideranças da empresa a compreender que as mudanças serão benéficas para todos. Isso porque a tendência é enfrentar uma resistência das lideranças devido ao fato do RH ágil promover uma maior autonomia e poder de decisão aos colaboradores. O papel do RH será, então, apontar aos líderes que a metodologia não tirará seus lugares na empresa, mas sim colocá-los como mentores voltados para o desenvolvimento das equipes. 

5. Treinamento e qualificação

Outro papel dos profissionais do RH ágil será a promoção constante de treinamentos e qualificações para todos os colaboradores da empresa, sejam eles líderes ou não. Vale lembrar que o incentivo deverá ser voltado tanto a conhecimentos técnicos do mercado, como também outros que podem ser muito úteis para o desenvolvimento pessoal dos profissionais. 

Aprenda a implementar o processo ágil no RH da sua empresa

Agora você já entendeu o que é o RH ágil e qual será o seu papel enquanto profissional de Recursos Humanos nestas mudanças, mas por onde começar? É justamente sobre isso que vamos falar agora. 

Mudança de cultura

São muitos os pontos da metodologia ágil aplicada no RH que impactam no trabalho do time como um todo. Nesse sentido, as pessoas precisam entender quais são os benefícios do RH ágil e como isso trará resultados a longo prazo, contribuindo para que o time abrace essa ideia e mude a mentalidade. Afinal, processos e demandas precisarão ser revistos para que a empresa possa usufruir dessa nova realidade.

Engajamento de Liderança

Independentemente de qual seja o projeto que a sua empresa ou time deseje implementar, é preciso que as lideranças estejam engajadas. Caso contrário, o time como um todo também não ficará comprometido com as mudanças ocorridas, trazendo riscos de que o processo não alcance o sucesso esperado.

Entendimento da necessidade da área de Planejamento 

Antes de implementar o RH ágil, entenda ainda quais são as principais dores que os Recursos Humanos de sua organização têm. Dessa forma, ao implementar a metodologia, consequentemente o time já terá um entendimento dos principais pontos focais, o que contribui para que tenha resultados mais atrativos.

Mapeamento e estudo do tema

Como qualquer novo processo a ser implementado, é fundamental se aprofundar no RH ágil para compreender todas suas abordagens e a melhor forma de implementá-lo na organização. Além de fazer um estudo minucioso sobre a metodologia, é interessante realizar uma pesquisa interna para entender as necessidades da equipe e de que forma o RH ágil pode ser útil. 

Criação de Processos

Com o devido mapeamento feito, chegará o momento de implementação do RH ágil na organização. Para isso será necessário criar alguns processos, mas sempre dando um passo de cada vez. A adoção do RH ágil não acontecerá da noite para o dia, então pense em começar pelas etapas de entrada de novos profissionais, no processo de recrutamento e na fase de onboarding, por exemplo, para depois seguir para outras áreas. 

Divisão de responsabilidade

O principal papel na remodelação do RH será do profissional do setor, sem dúvidas. Mas é fundamental que toda a organização saiba do seu papel na adoção desta nova metodologia e esteja disponível para contribuir da melhor forma possível, dividindo a responsabilidade. 

Treinamento

Manter a mentalidade do RH ágil em uma empresa depende de transformá-la em parte da cultura organizacional. Para isso é fundamental que treinamentos recorrentes sejam feitos sobre o tema, para que o aprendizado se mantenha constante. Para isso, o setor de Recursos Humanos pode utilizar recursos como a gamificação

Metodologias ágeis aplicáveis à área de Recursos Humanos 

O RH ágil é uma metodologia que visa a desburocratização do setor de Recursos Humanos e a implementação de atividades que possam ser realizadas de forma mais prática e efetiva, e para isso, ela conta com algumas ferramentas que você verá a seguir. 

Kanban

Com origem japonesa, a palavra significa “cartão” ou “placa visível”, uma técnica utilizada pelos Recursos Humanos para mensurar o tempo gasto em cada produção, além de organizar de forma visual as tarefas apontando um status para cada uma delas, geralmente separadas em “a fazer”, “em andamento” e “feitas”. O ideal é que, seguindo as tendências do setor, a técnica seja utilizada por meio de ferramentas digitais de administração como o Trello ou o Asana.

Scrum

A técnica de scrum consiste em dividir as atividades em ciclos conhecidos como sprints (períodos de tempo), com a intenção de fazer com que todo o time trabalhe junto para solucionar problemas. Ao final de cada sprint, o time faz um balanço do que deu certo e o que não funcionou para melhorar sua atuação no próximo. 

Squad

O RH ágil por si só já estimula a autogestão e autonomia dos colaboradores, mas é por meio da técnica de squad que esse estímulo se faz real na prática. Por meio de grupos multidisciplinares, formados por profissionais de diferentes áreas, a equipe recebe uma missão e tem total liberdade para desenvolvê-la da forma que achar mais interessante. 

Garanta um setor de RH ágil com software de admissão digital

O início da implementação de um RH ágil começa pelo recrutamento de profissionais alinhados com os objetivos da empresa, e para isso você pode adotar um processo de admissão digital que tornará o processo muito mais rápido, prático e seguro. 

Por meio de softwares de admissão como o Unico People você poderá solicitar documentos, preencher formulários, assinar contratos eletronicamente e muito mais em algumas horas. Aqui,a admissão de um novo funcionário acontece a partir de 20 minutos. Conheça a nossa solução para tornar o seu RH menos burocrático e mais estratégico

Conheça o unico | people
thumb
Digitalize seu DP com assinatura eletrônica e admissão 100% digital
  •  iconeAdmita um funcionário em até 43 minutos
  • iconeAssine eletronicamente todos os documentos de RH
  • iconeGerencie todas as suas contratações em tempo real
  • iconeSuporte ao candidato 24 x 7 via chatbot
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da tendências do mundo do RH.

Artigos relacionados