• Recursos Humanos

Modelo de trabalho híbrido: os desafios e como preparar sua empresa para ele

Camila Silva
  • 23 de fevereiro de 2021
  • 6 min de leitura

Em 2020, com a pandemia global da Covid-19, empresas dos mais variados setores precisaram adotar o regime de trabalho home office, como forma de conter o avanço da doença, além de seguir os protocolos de prefeituras e governos estaduais de grande parte do país. Hoje, quase um ano depois, ainda há reflexos da pandemia no dia a dia de trabalho das equipes. Há, inclusive, expectativas de que implementem alterações nas empresas — o modelo de trabalho híbrido é um desses exemplos.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você entenda o que é esse modelo, quais são as suas vantagens, como é possível implementar, além de soluções tecnológicas que contribuem para esse processo. Continue a leitura e saiba mais!

Como a pandemia afetou as relações de trabalho?

Conforme abordado, a pandemia trouxe a necessidade de as empresas operarem de forma completamente remota. Em outubro de 2020, uma pesquisa publicada pela Forbes revelou que 52% dos entrevistados em diversos países do mundo afirmaram que trocariam seus empregos caso recebessem uma proposta de trabalho remoto de forma fixa.

Além disso, de acordo com a Gartner, 82% das empresas brasileiras já consideram adotar o trabalho home office para seus profissionais, ao menos em um período da semana ou do mês. Em um outro estudo, feito pela Robert Halff, mesmo trabalhando mais, 86% das pessoas pretendem continuar no regime home office após o fim da pandemia.

Nesse sentido, a empresa que deseja implementar mudanças em sua rotina de trabalho, naturalmente precisa buscar estratégias para que seus profissionais se mantenham motivados, além de garantir que todas as atividades que antes eram realizadas de forma presencial mantenham a qualidade e a eficiência remotamente — contratação de novos colaboradores, por exemplo.

O que é o modelo de trabalho híbrido?

Porém, um novo modelo de trabalho se destaca entre as empresas: o trabalho híbrido. Nesse caso, vai haver uma alternância na forma de trabalhar. Enquanto alguns profissionais estão no regime home office, outros ficam no escritório. Entenda a diferença entre os principais modelos de trabalho:

  • presencial — como o próprio nome já diz, 100% dos profissionais passam integralmente seu período de trabalho no escritório;
  • teletrabalho — aqui, o profissional já atua grande parte do tempo de forma remota. A ideia é que grande parte do tempo opere de sua própria casa, enquanto um período pequeno seja cumprido nas dependências da empresa;
  • home office — nesse caso, o trabalho remoto seria uma exceção. Executado nas próprias dependências da empresa, teria alguns dias operando de casa, de acordo com as regras pré-estabelecidas;
  • modelo de trabalho híbrido — parte da jornada é realizada na empresa, enquanto a outra parte em casa. Aqui, abre possibilidades também de profissionais serem contratados foram da cidade onde se localiza a sede, abrindo o leque de oportunidades.

O que diz a lei sobre o modelo de trabalho híbrido?

Em nossa CLT, não há uma especificação quanto ao modelo de trabalho híbrido. Porém, isso não quer dizer que a empresa não deve estar atenta a alguns pontos importantes no que diz respeito à legislação. Depois da reforma trabalhista implementada em 2017, a CLT trouxe em seu texto a regulamentação do home office, com regras que exigem cuidado por parte da organização.

Existem aqueles direitos comuns aos de um trabalho presencial, como:

  • registro em Carteira de Trabalho com todas as regras pré-estabelecidas;
  • férias;
  • recolhimento do FGTS;
  • 13º salário;
  • fornecimento de vale-transporte para os dias nos quais o profissional precisa se deslocar até a empresa;
  • remuneração compatível com a sua função e com o mercado;
  • todos os demais benefícios oferecidos aos outros profissionais, como auxílio-creche, auxílio educacional etc.

Além disso, a empresa que busca continuamente a motivação de seus profissionais pode oferecer alguns serviços apenas para quem cumpre suas funções home office, oferecendo apoio para a internet, ergonomia, entre outros pontos importantes — de modo que o profissional não arque com essas despesas.

Quais as vantagens do modelo de trabalho híbrido?

Agora que você já sabe o que é o modelo de trabalho híbrido e quais são os pontos importantes mencionados na legislação, chegou o momento de entendermos sobre as suas vantagens.

Diminuição do absenteísmo

O absenteísmo traz impacto para toda a organização. Caso ele esteja em alta na sua empresa, há um comprometimento da produtividade, uma vez que as pessoas precisarão realizar as suas demandas em um período inferior àquele necessário para manter a qualidade do serviço. Além disso, existem riscos de haver um aumento de horas extras, o que compromete também o fluxo de caixa do negócio.

Se o absenteísmo for frequente, impacta ainda no relacionamento com o cliente, especialmente para as equipes que tenham contato direto com o público. Afinal, há possibilidade de o profissional não estar presente em uma reunião importante, minando a credibilidade do negócio frente ao seu público.

Nesse sentido, o modelo de trabalho híbrido se destaca. Em casa, o profissional não precisará se deslocar com frequência até as dependências da empresa, contribuindo para que a empresa não precise lidar com atrasos. Além disso, a pessoa não precisa lidar com imprevistos comuns de grandes centros urbanos, como engarrafamentos.

Outro ponto importante é a qualidade de vida oferecida ao colaborador. Justamente por ele não ter que ser submetido a todos esses gargalos, ela será maior, impactando de forma positiva o modo como ele lida com seu próprio trabalho.

Otimização das atividades

No modelo de trabalho híbrido, como as empresas precisam lidar tanto com o trabalho presencial quanto o remoto, há uma preocupação constante de manter a qualidade do serviço oferecido aos seus clientes. Consequentemente, existe uma busca por melhoria contínua nas atividades executadas, contribuindo para que haja uma otimização das funções.

Entenda por meio desse exemplo: ao implementar o trabalho híbrido, os departamentos de Recursos Humanos e Departamento Pessoal enxergaram a necessidade de trazer soluções que contribuíssem para reduzir a burocracia no momento de contratar um novo profissional, além de facilitar o trabalho das pessoas envolvidas nesse processo.

Tal necessidade não tinha sido enxergada com o trabalho presencial, uma vez que era natural as pessoas se deslocarem até as dependências da empresa para concluírem essa etapa do processo de recrutamento e seleção. Nesse sentido, além de aumentar a produtividade de todo o time, também trouxe uma melhor percepção para a pessoa que acabara de chegar na organização, justamente por esse processo ser facilitado em diversas frentes — explicaremos sobre a admissão digital mais adiante.

Redução de custos

Buscar estratégias para a redução de custos da empresa sem que isso afete a qualidade dos produtos e serviços é um desafio para grande parte das empresas. Mais uma vez, o modelo de trabalho híbrido oferece insumos que cheguem a esse resultado.

Afinal, a empresa pode decretar dias em que ninguém ficará no escritório, o que reduz contas periódicas (energia, por exemplo). Além disso, especialmente com profissionais que cumprem 100% em home office, não há necessidade de pagar vale-transporte ou auxílio-combustível.

Consequentemente, a empresa passa a ter mais dinheiro em caixa, garantindo a possibilidade de aplicar esses recursos em funções mais estratégicas — sendo um importante diferencial competitivo para a empresa.

Melhorias para a atração de talentos

Se antes a atração de talentos contava com barreiras geográficas, esse problema não é identificado com o modelo de trabalho híbrido. A equipe de recrutamento e seleção tem a oportunidade de encontrar profissionais de qualquer lugar do Brasil e do mundo, desde que ele se encaixe com o perfil da vaga e com a cultura da empresa.

Como implementar o modelo de trabalho híbrido?

A seguir, selecionamos algumas das principais dicas para que a sua equipe possa adotar o modelo de trabalho híbrido.

Busque por soluções e tecnologias necessárias para uma melhor produtividade

Conforme abordado, há a necessidade de encontrar no mercado soluções e demais tecnologias necessárias para que as pessoas possam cumprir com as suas funções. Com o objetivo de as reuniões serem feitas sem gargalos e manter um contato próximo entre lideranças e liderados, há a necessidade de encontrar ferramentas que garantam essa atividade, além de possibilitar que determinados encontros sejam gravados — trazendo facilidades para quem não puder participar no momento em específico.

Além disso, conforme abordado, a admissão digital será um importante diferencial para essa implementação. Entre as vantagens de contar com essa solução, destacamos:

  • possibilidade de admitir um novo colaborador de forma completamente remota, abrindo o leque de oportunidades para encontrar pessoas de qualquer lugar do país para exercerem as suas funções na empresa;
  • admissão de um colaborador em um curto espaço de tempo;
  • experiência de admissão completamente responsiva;
  • possibilidade de assinar eletronicamente todos os documentos;
  • automatização da validação de dados junto ao eSocial;
  • dúvidas de candidatos respondidas de forma automatizada.

Tenha atenção com a cibersegurança

Cibersegurança deve ser uma preocupação para as empresas independentemente de executar as demandas de forma presencial ou remota. Porém, nesse segundo caso, merece uma atenção ainda mais especial para a gestão. Mesmo que a pessoa utilize seus próprios equipamentos para as atividades, é preciso que o negócio ofereça treinamentos sobre boas práticas, sobre a política de seguranças da empresa, além de contar com um plano de proteção de dados para o negócio.

Além disso, deve buscar sistemas em nuvem para garantir que o profissional tenha acesso às principais informações da empresa de forma flexível e segura, garantindo a efetividade de suas funções.

Neste material, você pôde entender o que é o modelo de trabalho híbrido, quais são as suas vantagens, além de conferir dicas de como implementá-lo. Conforme vimos, a admissão digital passa a ser uma realidade para as empresas que optarem por esse modelo. Se você ficou interessado e deseja saber um pouco mais sobre o tema, entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e tire suas dúvidas!

Artigos relacionados