Por categoria:

  • Reconhecimento Facial

Validação facial: como a Unico Check utiliza essa tecnologia para reconhecer pessoas

Unico Check
  • 18 de março de 2019
  • 5 min de leitura
infocheck
Validação facial: como a Unico Check utiliza essa tecnologia para reconhecer pessoas

A validação facial é um procedimento cada vez mais usual no cadastro de usuários de sites e aplicativos, sendo aplicada, posteriormente, na autenticação da identidade para a realização de transações online. A tecnologia de validação facial já é utilizada por diversos órgãos governamentais e empresas de variados segmentos como, por exemplo, bancos, financeiras e e-commerce.

Além de otimizar o fluxo de atendimento e proporcionar mais segurança à comprovação de identidade do usuário, a validação facial ajuda a prevenir e combater as tentativas de fraudes de identidade, decorrentes do roubo de dados de terceiros.

A Unico, empresa líder de identidade digital no Brasil, desenvolveu uma tecnologia de validação facial completa, que pode ser integrada facilmente aos sistemas de sites e aplicativos: o Unico Check.

Com esta ferramenta, é possível gerar cadastros mais consistentes, tornar a jornada de validação mais dinâmica e fluida e melhorar a experiência do usuário, desde o início do onboarding.

Continue a leitura para entender como a validação facial ajuda a otimizar todos os fluxos de atendimento, além de aumentar o nível de segurança nas transações digitais.

Tecnologia de validação facial da Unico

O desenvolvimento da tecnologia de reconhecimento facial da Unico foi pensado a partir do pedido de um cliente do segmento de varejo que, naquela época, enfrentava um problema bem específico.

Sua maior dor era conceder crédito para as pessoas que compravam em sua loja, mas que, no fim das contas, não pagavam, e apenas a verificação em motores de crédito não era suficiente para garantir se o consumidor pagaria. Por isso, ele precisava de mais informações que auxiliassem na sua tomada de decisão.

Muitas vezes, apareciam consumidores insatisfeitos, alegando o recebimento de cobranças indevidas e a negativação do seu CPF por uma compra que não haviam feito. Foi então que o cliente percebeu: ele estava sendo vítima da ação de pessoas que, com documentos falsos, adulterados ou roubados, estavam se passando por outras.

Essa situação gerava desconforto para o consumidor, que passava pelo constrangimento de ter seu CPF negativado e seu poder de compra diminuído, sem mencionar as dificuldades burocráticas para resolver a situação.

E também para o empreendedor, que perdia vendas e aumentava seus gastos, uma vez que algumas pessoas acabavam abrindo processos jurídicos pela inclusão indevida em órgãos de proteção ao crédito.

Neste contexto, a Unico desenvolveu uma solução tecnológica, focada em biometria facial, capaz de validar e autenticar identidades com assertividade e, ao mesmo, prevenir e combater as tentativas de fraudes de identidade, no onboarding de clientes e em operações transacionais.

Todas as pessoas possuem características exclusivas e traços referenciais padronizáveis no rosto.

O que o reconhecimento facial faz é registrar, codificar e identificar esses padrões de forma automatizada. Você pode saber mais aqui.

Por isso, o Unico Check foi criado para autenticar a identidade das pessoas a partir da captura de uma foto de seu rosto.

Como funciona a validação facial?

A tecnologia de validação facial tem duas aplicações essenciais: validar e autenticar a identidade do usuário com base em dados biométricos do rosto da pessoa que deseja fazer o cadastro ou realizar alguma transação digital, pós-cadastro.

Aplicação em cadastros

Neste momento, é realizada a coleta de dados biométricos da face, a partir de uma selfie feita em tempo real, além da captura da imagem do documento que contém o CPF da pessoa que deseja fazer o cadastro. O Unico Check analisa instantaneamente a biometria facial e o CPF para validar ou não a identidade. 

É um procedimento ultrarrápido, com elevada assertividade, tanto para confirmar a identidade quanto para bloquear a validação, caso o software de validação da face identifique alguma inconformidade de dados.

Após concluir a validação facial, no cadastro, o Unico Check armazena a identidade digital (biometria facial + CPF), que passará a ser aplicada em processos transacionais, ou seja, ao invés de usar senhas e/ou outros códigos, o usuário poderá utilizar a biometria facial para autenticar a identidade, toda vez que fizer alguma transação.

Utilização em transações

A partir do cadastro biométrico da face, o usuário poderá fazer a validação facial para efetuar o login e confirmar inúmeras transações, tais como compras e pagamentos online; contratação de serviços; movimentações financeiras em apps de bancos e fintechs; recebimento ou retirada de mercadorias; entre outras operações.

A jornada de validação é simples e ágil, pois a identidade digital do usuário já está armazenada no banco de dados integrado. A selfie do cliente é comparada a sua própria biometria facial, o que torna o fluxo de atendimento mais dinâmico e seguro. Ao solicitar a validação facial para autorizar uma transação, a empresa consegue também prevenir as tentativas de fraudes de identidade. Por exemplo, se uma pessoa optar em pagar uma compra online utilizando o cartão de crédito, o sistema solicitará a validação facial para autorizar a transação. 

Caso contrário, a operação não será finalizada. Portanto, com a validação facial, é possível blindar os negócios contra transações fraudulentas.

Benefícios da validação facial

A validação facial dos usuários de sites e aplicativos proporciona vários benefícios, entre os quais:

• Mais segurança às transações digitais;

• Como a biometria facial é exclusiva de cada pessoa, é possível reduzir os riscos de perdas financeiras decorrentes de fraudes na internet, aplicando a validação facial a todas as transações, ou seja, ao invés de senhas e informações cadastrais, o usuário precisará realizar o reconhecimento biométrico da face para finalizar a operação desejada;

• Agilidade ao atendimento;

• Sem a necessidade de digitar senhas e códigos para confirmar a identidade, o fluxo de atendimento é mais ágil e seguro. Basta posicionar o rosto em frente ao leito biométrico para realizar a validação facial, pós-cadastro;

• Melhor experiência do usuário;

• A jornada de validação fluida e segura proporciona uma experiência positiva ao usuário. Sem pontos de fricção ao longo da interação com o site ou app, o usuário terá mais disposição para conhecer e/ou comprar produtos e serviços;

• Redução de custos operacionais;

• Com a automatização do cadastro e autenticação da identidade do usuário, com base em biometria facial, é possível reduzir os custos operacionais relativos à verificação manual de informações e análise de crédito. 

• Maior proteção contra as fraudes de identidade A tecnologia de validação facial representa uma barreira aos fraudadores de identidade porque, mesmo que as informações cadastrais estejam corretas, somente com a validação facial será possível concluir uma transação.

Como a validação facial da Único reconhece pessoas respeitando a LGPD

Todos os dias, a Unico trabalha para fornecer soluções tecnológicas capazes de otimizar a vida dos cidadãos brasileiros e proporcionar-lhes maior proteção da sua identidade, preservando-se a privacidade dos indivíduos, segurança da informação e disposições normativas vigentes, promovendo a inovação em prol da coletividade. Isto porque o Unico Check está em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), sancionada em 2018.

Os usuários são incluídos no banco de dados da Unico quando realizam um cadastro com um dos clientes, e nesse momento de registro, autorizam a utilização de seus dados para validação das informações. Todas as informações prestadas pelos usuários são mantidas de forma segura e criptografada.

O usuário pode solicitar, inclusive, a retirada de suas informações da base de dados quando desejar. Esse fluxo está previsto no contrato entre o cliente e consumidores finais.

Conforme a LGPD, que passou a vigorar em 2020, os dados biométricos estão classificados como dados pessoais sensíveis e, somente com o consentimento prévio do público-alvo, podem ser coletados, tratados, armazenados e compartilhados. Ao disponibilizar a realização de biometria facial, através do site ou aplicativo, é essencial que a empresa conte com um software de reconhecimento facial 100% adequado à LGPD para evitar sanções administrativas e multas.

Para saber como o Unico Check pode otimizar o onboarding de clientes e tornar as transações digitais mais ágeis e seguras, fale com um de nossos especialistas.

Conheça o unico | check
thumb
Identifique seus clientes com a maior base biométrica facial do Brasil
  •  icone Reduza fraudes de identidade
  • icone Agilize seu processo de onboarding
  • icone Reduza custos com antifraude
  • iconeElimine custos com mesa de análise
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da biometria facial.

Artigos relacionados