Por categoria:

  • Bancos

Como o Unico Check fortalece o sistema antifraude bancário de ponta a ponta

Jefferson Hoffer de Moraes
  • 22 de junho de 2022
  • 4 min de leitura
infocheck

Desde 2016 o Conselho Monetário Nacional permite que as instituições financeiras, como bancos e fintechs, façam o onboarding de maneira digital. Esse cenário reduziu muito a burocracia dos processos, mas também permitiu uma grande proliferação de tentativas de fraudes, exigindo uma revolução no sistema antifraude bancário.

Para virar esse jogo, é importante entender o atual panorama e fazer uso de informação, inteligência e tecnologias para fortalecer o sistema antifraude bancário.

Quais as fraudes que mais impactam o sistema bancário?

Segundo levantamento do Unico Check, no primeiro semestre de 2022, os segmentos que mais sofreram tentativas de fraudes foram:

  • Fintechs: 530.028 casos;
  • Bancos: 233.672 casos;
  • Financeiro em geral: 48.063 casos.

Dentre os tipos de golpes mais registrados, o golpe do funcionário falso é apontado pela Febraban com um crescimento de 62% em 2021.

Neste caso, o indivíduo se passa por um funcionário de uma instituição já conhecida pela vítima e a informa que existem problemas quanto à segurança de sua conta, obtendo assim informações sensíveis para realizar a fraude.

Outros golpes muito comuns são:

Golpe da falsa central de atendimento

Nessa ação, o indivíduo entra em contato com a vítima se passando por um falso funcionário do banco ou empresa com a qual ela tem um relacionamento ativo. Em seguida, informa que sua conta foi invadida, clonada ou algum outro problema e, a partir daí, solicita os dados pessoais e financeiros da vítima.

Segundo a Febraban, este tipo de fraude cresceu 62% no primeiro semestre de 2021 e deve ser um dos pontos de maior atenção para este ano.

Golpe do falso boleto

O boleto falso pode chegar como uma correspondência ou no formato eletrônico, por meio de mensagens de SMS, WhatsApp ou e-mail, direcionando a pessoa para páginas falsas para o download de uma fatura forjada.

Por serem muito parecidos com os originais, o cliente acaba pagando um boleto adulterado e o valor é direcionado para a conta do fraudador ao invés do verdadeiro credor.

Roubos de smartphones e outros devices

O roubo de aparelhos eletrônicos não visa apenas a revenda dos dispositivos. Hoje, os criminosos conseguem usar dados guardados em e-mails, redes sociais ou outras ferramentas que estão no aparelho para recuperar ou mudar as senhas de aplicativos de bancos.

Uma situação ainda mais grave acontece quando o dispositivo roubado está desbloqueado, dando livre acesso a lojas, aplicativos, cartões e contas bancárias, resultando em altos prejuízos em curtos espaços de tempo.

Unico Check: sistema antifraude bancário para fintechs e instituições financeiras

Mesmo com esses problemas, existe um cenário positivo para o desenvolvimento do sistema financeiro antifraude no Brasil. 

As novas tecnologias têm proporcionado melhores experiências para os usuários e maiores oportunidades de negócios para as empresas, principalmente aquelas que conseguem combater as fraudes ao adotar um bom sistema antifraude bancário, como o Unico Check.

Em 2021 a solução identificou e barrou mais de 729 mil fraudes em bancos e mais de 1 milhão em fintechs. A ferramenta é uma poderosa aliada do sistema antifraude bancário, auxiliando a reduzir perdas financeiras e custos com mesa de análise em processos como:

  • Aberturas de contas;
  • Concessões de crédito;
  • Financiamentos e consórcios;
  • Autenticação de clientes;
  • Validação de PJ;
  • Saques de FGTS;
  • Emissões de cartões;
  • Investimentos;
  • Seguros;
  • Pagamentos.

Líder em todos os segmentos em que atua, o Unico Check utiliza a tecnologia de biometria facial para promover segurança sem deixar de lado a experiência do seu cliente. Seus principais recursos são o Score de Autenticação e o Token Biométrico.

Quais são as aplicações do Score de Autenticação para bancos e fintechs?

O Score de Autenticação é um método inteligente de identificação de pessoas no qual é avaliada, com alta acurácia, a probabilidade do indivíduo ser ou não autêntico.

O Unico Check recebe a selfie + CPF e, por meio de uma solução de captura proprietária e segura, a decisão é tomada de acordo com a probabilidade de sabermos ou não se aquela face pertence àquele usuário – de acordo com informações contidas na maior base biométrica privada do Brasil e de outras bases terceiras. 

Importante: o Score de Autenticação não se limita apenas à validação da face e do CPF.  Ele também checa a recorrência dessas informações, gerando assim um score de risco ainda mais confiável. 

O motor biométrico do Unico Check checa:

  • Se a face enviada está na lista de potenciais fraudadores;
  • Se o CPF enviado está associado a outra face;
  • Se a face enviada consta associada a outro CPF.

O Score de Autenticação do Unico Check garante 99% de assertividade para barrar fraudes em seu banco ou fintech.

Quais são as aplicações do Token Biométrico para bancos e fintechs?

O Token Biométrico é voltado para a realização de autenticação de identidade das pessoas via biometria facial dentro de um cadastro existente na base do próprio cliente. 

O recurso verifica se a foto tirada na hora é da mesma pessoa que efetuou o processo de onboarding anteriormente, e autoriza ou não a ação.

Os três principais pilares da ferramenta são:

  1. Atuar como ferramenta antifraude;
  2. Ajudar no incremento da experiência do usuário;
  3. Melhorar a jornada dos fluxos.

O Token Biométrico possibilita que processos pós-onboarding sejam realizados apenas com uma simples selfie, como por exemplo: 

  • Atualizações cadastrais; 
  • Trocas de dispositivos; 
  • Solicitações de novos cartões; 
  • Transações com Pix e de alto risco; 
  • Solicitações de crédito e financiamentos; 
  • Check-out em lojas físicas e virtuais. 

Qual é o futuro das senhas?

A direção que a tecnologia caminha leva a crer que as senhas utilizadas para acessar aplicativos, contas digitais e realizar autenticação de identidade estão com os dias contados. O uso de biometria e reconhecimento facial são alternativas cada vez mais presentes no dia a dia do consumidor.

Uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner aponta que 60% das grandes empresas mundiais e 90% das empresas de médio porte implementarão métodos sem senha em mais de 50% de suas atividades até o final de 2022.

Outro dado interessante vem de um estudo realizado pela Visa. Ele aponta que a cada 10 consumidores entrevistados, 9 estão familiarizados com a biometria e 6 já a usam com regularidade.

Além disso, 98% dos entrevistados afirmaram estar interessados em usar pelo menos um método biométrico para autenticação de identidade e a mesma porcentagem tem interesse em usar pelo menos uma forma de biometria para realizar pagamentos.

Reduza as perdas financeiras por fraudes com o Unico Check

O Unico Check é a solução de autenticação biométrica facial mais completa do mercado, que torna os processos de identificação de pessoas muito mais simples e confiáveis. 

Apenas em 2021, a plataforma detectou uma fraude a cada 77 cadastros e evitou mais de R$ 22 bi em prejuízos para pessoas e empresas.

Quer reforçar o seu sistema antifraude bancário? Fale com um dos nossos especialistas.

Conheça o unico | check
thumb
Identifique seus clientes com a maior base biométrica facial do Brasil
  •  icone Reduza fraudes de identidade
  • icone Agilize seu processo de onboarding
  • icone Reduza custos com antifraude
  • iconeElimine custos com mesa de análise
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da biometria facial.

Artigos relacionados