Por categoria:

  • biometria

Autenticação biométrica: por que é uma ferramenta essencial em 2021?

Avatar
Camila Silva
  • 10 de junho de 2021
  • 5 min de leitura
infocheck

Segurança de dados é uma preocupação recorrente das empresas. Além de garantir a credibilidade do negócio perante clientes e fornecedores, evitar gastos desnecessários e contribuir para a fidelização de clientes, bem como para uma experiência mais positiva. Nesse contexto, algumas soluções surgiram como facilitadoras para as organizações. A autenticação biométrica é uma delas. Considerada um dos modos mais seguros para oferecer aos clientes, tem se destacado continuamente no mercado.

Pensando nisso, elaboramos este material para que você entenda o que é autenticação biométrica, quais são os seus diferenciais e principais tipos. Continue a leitura e saiba mais!

O que é autenticação biométrica?

Primeiro, vamos entender um pouco mais sobre o conceito de biometria. Trata-se de um termo técnico que se refere às características físicas ou comportamentais de uma pessoa. No caso da autenticação biométrica, é um modelo de acesso utilizado para clientes que utilizam suas próprias características, oferecendo um grau maior de segurança do que as senhas tradicionais.

Hoje, chegou ao entendimento de que apenas o nome de usuário (login) e a senha comum já não oferecem tanta segurança como antes. Além dos constantes casos de vazamento de dados (identificados até mesmo por grandes empresas), ainda há o problema da falta de conhecimento entre as pessoas, que colocam senhas fracas e com combinações previsíveis.

Nesse sentido, o sistema de autenticação biométrica possibilita que a pessoa esteja menos exposta a essa vulnerabilidade, uma vez que os dados biométricos são únicos.

Quais são os principais tipos de autenticação biométrica?

Agora que você já sabe o que é autenticação biométrica, chegou o momento de entendermos os principais tipos existentes no mercado.

Reconhecimento facial

Reconhecimento facial é uma das mais conhecidas e talvez uma das que mais oferece segurança para a empresa. Trata-se de uma ferramenta que mapeia as características faciais da pessoa, que armazena dados como uma espécie de impressão facial. Como isso acontece? Por meio de algoritmos. Eles comparam a imagem armazenada com a imagem real, o que permite verificar a identidade do usuário.

Ao realizar essa verificação, são identificados cerca de 80 pontos nodais na face. Isto é, em nosso rosto há diversas características que o torna único, permitindo que o sistema só dê acesso aos aplicativos e demais informações a pessoa que de fato está autorizada para isso. Entre os pontos nodais, pode-se destacar:

  • largura do nariz;
  • distância entre os olhos;
  • formato das maçãs do rosto;
  • profundidade dos olhos, entre outros.

De forma resumida, o reconhecimento facial funciona da seguinte maneira:

  • uma câmera com um equipamento simples captura o rosto da pessoa;
  • o registro feito será enviado a um sistema;
  • quando o envio é realizado, o sistema faz a leitura detalhada do rosto, conforme suas características;
  • as informações capturadas são codificadas, como uma sequência numérica digital – os algoritmos;
  • essa sequência automaticamente é anexada ao cadastro de cada usuário;
  • um banco de dados arquiva essas informações capturadas;
  • dessa forma, é criada a identidade facial.

Entre as principais vantagens de contar com esse tipo de solução, destaca-se especialmente a facilidade de os usuários utilizarem o reconhecimento facial. Hoje, grande parte das pessoas já conta com um aparelho celular que tenha câmera, além de a ferramenta exigir pouca configuração.

Reconhecimento de impressão digital

Outro tipo de autenticação biométrica é por meio de impressão digital. Não é uma maneira de autenticação nova, uma vez que os policiais já a utilizavam para identificar autores de crimes. Nos celulares, também vêm sendo adotada com mais frequência para desbloquear os aparelhos – em vez de utilizar as tradicionais senhas.

Entre os diferenciais que ela traz, destaca-se especialmente o fato de que é utilizada em muitas empresas, independentemente do nicho de atuação. Além disso, é uma das modalidades mais onipresentes do mercado. Porém, existem fatores que influenciam na qualidade da leitura, que não a torna tão precisa quanto o reconhecimento facial.

Dedos molhados ou sujos são alguns desses pontos, o que traz os riscos de o sistema não ler as características com tanta qualidade – ou até mesmo de não conseguir identificar os dados.

Reconhecimento ocular

O reconhecimento ocular pode ser feito de duas formas distintas. Os sistemas estão aptos para lerem tanto a íris quanto a retina do usuário. Esse tipo de reconhecimento é utilizado em um exame no oftalmologista, por exemplo. No caso da retina, o sistema mapeia o padrão do usuário, que é único devido aos vasos sanguíneos presentes no órgão. Já no caso da íris, há uma análise dos anéis coloridos encontrados no local.

Entre os diferenciais, destaca-se o fato de que esse tipo de reconhecimento pode ser tão rápido e preciso quanto o reconhecimento facial, porém, muitas vezes, é menos amigável. Quanto aos contras, é importante ressaltar que algumas situações impedem uma leitura mais detalhada, como a exposição ao sol.

Reconhecimento de voz

Como o próprio nome já diz, o reconhecimento de voz analisa o som da voz do usuário. A voz de cada pessoa, assim como a íris e os pontos nodais da face é única. Ela é determinada pelo trato vocal formado do nariz, laringe e boca.

Entre os diferenciais, destaca-se que oferece uma experiência de autenticação conveniente. Porém, vários fatores podem atrapalhar a experiência do reconhecimento. O ruído de fundo, por exemplo, pode distorcer as gravações. Além disso, qualquer situação pode atrapalhar, como um resfriado, bronquite ou outras doenças que impactam a voz.

Quais os diferenciais da autenticação biométrica?

A seguir, selecionamos alguns dos principais diferenciais da autenticação biométrica, especialmente a de reconhecimento facial.

Prevenção de fraudes de identidade

Um dos pontos importantes trazidos pela autenticação biométrica é a redução de fraudes de identidade. Principalmente nas instituições financeiras, existe a necessidade de buscar por alternativas que contribuam para aprimorar processos e reduzir golpes. No caso de e-commerces, é importante trazer soluções que permitam a redução de chargebacks.

A partir da autenticação biométrica, será um empecilho para que criminosos pratiquem fraudes de identidade, uma vez que essas ferramentas eliminam a necessidade de documentos em papel, além de não haver a possibilidade de trazer dados roubados de outras pessoas.

Otimização de processos

Otimizar processos da empresa é um diferencial que deve ser buscado por grande parte das organizações. Por meio dessa estratégia, vai haver maior confiabilidade nas entregas, mais sinergia e integração entre as áreas, além de a equipe poder usufruir de maior produtividade, tendo a possibilidade até mesmo de se dedicar para funções mais estratégicas e voltadas para os resultados do negócio.

Nesse sentido, a autenticação biométrica se destaca, principalmente no que diz respeito à análise de crédito nas instituições financeiras. Em vez de processos longos e burocráticos, o primeiro contato do cliente com o seu negócio será mais facilitado, contribuindo para uma melhor experiência e para mais conversão.

Redução de custos

Em toda empresa, de qualquer segmento, existe a necessidade de buscar continuamente pela redução de custos para aumentar a competitividade do negócio, mas com uma atenção especial para que isso não afete a qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

Voltando ao exemplo de uma análise de crédito, em vez de contar com muitas pessoas voltadas exclusivamente para o entendimento dos dados do cliente, esse processo será otimizado e, consequentemente, simplificado, o que contribui para destinar outras pessoas para as demais demandas do time.

Caso o seu negócio tenha um aplicativo para os clientes, o suporte com questões relacionadas a fraudes ou perdas de senha/login também será reduzido, sendo um outro diferencial da autenticação biométrica – especialmente quando utilizada a de reconhecimento facial.

Mais credibilidade para a empresa

Constantemente, nos deparamos com questões relacionadas a fraudes ou vazamento de dados. Quando isso acontece, a imagem da empresa fica seriamente prejudicada no mercado, o que pode afetar, inclusive, o fechamento de novos negócios.

Como vimos, a autenticação biométrica reduz significativamente esse gargalo, sendo que é um tipo de solução que oferece muito mais segurança para usuários e para as próprias empresas do que as tradicionais senhas.

Neste conteúdo, você pôde entender o que é a autenticação biométrica, quais são as suas vantagens, além de alguns dos principais tipos. Para escolher uma empresa que possa atender às suas necessidades, entenda como é o suporte oferecido por ela, analise qual é a sua reputação no mercado e não deixe de tirar todas as suas dúvidas durante as reuniões de apresentação, linkando sempre com a realidade da sua empresa.

Se você deseja entender um pouco mais sobre reconhecimento facial, outros diferenciais e como funciona a ferramenta, entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e conheça a unico | check.

Conheça o unico | check
thumb
Identifique seus clientes com a maior base biométrica facial do Brasil
  •  icone Reduza fraudes de identidade
  • icone Agilize seu processo de onboarding
  • icone Reduza custos com antifraude
  • iconeElimine custos com mesa de análise
Conheça nossa solução
icone carta

Inscreva-se e fique por dentro das tendências da biometria facial.

Artigos relacionados