• Sociedade digital

ID Digital: como trazer segurança e simplificar a identificação digital?

  • calendário 23/11/2022
  • relógio 4 min de leitura
thumb

Não é por acaso que a ID Digital tornou-se uma necessidade da qual não é possível abrir mão. Com o avanço das tecnologias e dos modelos de negócios, voltados para inovação e sociedade digital, é preciso adotar todas as medidas para proteger dados e informações de pessoas, empresas e instituições públicas. 

É por meio desses cuidados que é possível garantir a segurança jurídica necessária para que a gestão da informação seja realizada com segurança, respeitando as normas que devem ser seguidas.

O que é ID Digital?

Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre ID Digital e o papel que ela tem hoje. No entanto, é preciso saber que ela é cada vez mais necessária e, portanto, é preciso estar a par da importância que ela tem para as organizações.

Identidade digital é um mecanismo para a identificação segura de indivíduos, sem contato pessoal, que já vem contribuindo para tornar mais simples e seguras transações entre pessoas e empresas Ela é usada nas situações que envolvem negócios e demais operações realizadas no ambiente virtual.

O objetivo dessa identificação é organizar e codificar informações de forma adequada para que elas sejam utilizadas nos meios digitais, garantindo a proteção de dados do usuário. Isso proporciona segurança e evita uma série de riscos, tais como fraudes, roubos etc.

Quais os benefícios e vantagens da ID Digital?

Por diversos motivos, a identificação digital tornou-se imprescindível nas empresas. Portanto, ela requer atenção e precisa ser aplicada de forma estratégica, com o objetivo de proporcionar segurança no ambiente interno e também nas relações estabelecidas com clientes, fornecedores, parceiros etc.

Estes são os benefícios da ID Digital:

Adequação às mudanças no mercado

A inovação nos processos internos é item-chave na chamada sociedade digital. Para que as empresas se mantenham numa boa posição no mercado de atuação, é preciso se adaptar às mudanças que já estão em andamento e àquelas previstas para um futuro próximo. A identificação digital proporciona as condições básicas para que essa adequação ocorra de forma efetiva.

Atender às necessidades e expectativas dos clientes

Em um mundo cada vez mais dinâmico, no qual as pessoas desejam soluções rápidas em termos de produtos e serviços, estar preparado para o ambiente digital é indispensável. Tanto as pessoas físicas quanto as jurídicas são clientes que almejam agilidade e condições seguras para as compras, negociações e demais interações com as empresas. Independentemente do porte ou ramo de atividade, terão melhores condições de competitividade aquelas empresas que atenderem melhor às expectativas dos clientes.

Maior segurança e agilidade

Quando o assunto é ID Digital, a palavra-chave é segurança. Em um ambiente no qual há um fluxo imensurável de dados e informações, este é o fator principal para garantir que dados e informações sejam trocados de maneira adequada, sem riscos que possam comprometer a privacidade.

Cumprimento da legislação

Nas últimas décadas e, sobretudo, nos últimos anos, ocorreram profundos avanços tecnológicos. Grande parte deles estão relacionados ao ambiente digital. Devido a isso, a legislação no Brasil e no mundo têm adotado regras específicas que as empresas precisam cumprir. Portanto, a ID Digital hoje em dia não consiste somente em um diferencial, mas em um item básico para estar de acordo com as leis vigentes.

Proteção do sigilo e privacidade

O papel da identificação digital também visa atender às necessidades de sigilo e privacidade. Tente imaginar por um momento como seria desastroso para uma empresa ter problemas jurídicos ou comerciais devido a uma fraude. Isso poderia trazer sérias consequências financeiras e até mesmo a falência do negócio. Não é por acaso que a proteção do sigilo é um dos fatores mais considerados na elaboração de leis relacionadas à atuação no ambiente digital. Essa proteção abrange pessoas físicas e jurídicas.

Autenticidade de dados e informações

Outra necessidade atendida pela ID Digital é garantir a autenticidade dos dados e informações relacionados a determinada pessoa ou empresa. Sem essa identificação, é impossível estabelecer as condições necessárias para atuar no mundo digital.

Segurança jurídica

Quando a ID Digital é aplicada, essa segurança é resultado de todos os benefícios que comentamos anteriormente. Ela é primordial para pessoas físicas, empresas e instituições públicas que necessitam garantir seus direitos de forma efetiva.

Quais os tipos de ID Digital?

Com relação aos tipos de identificação digital, há dois recursos que estão entre os mais utilizados atualmente. Eles são o certificado digital e a biometria. 

Certificado digital

Essa certificação consiste em um dispositivo de segurança que atesta a validade dos documentos. Isso permite que os documentos sejam assinados sem que ocorra a necessidade de ir ao cartório. Ou seja, o objetivo é conferir veracidade à assinatura eletrônica. O certificado digital pode ser armazenado em um token ou smart card.

Biometria

Em termos de ID Digital, este é um dos recursos que têm sido mais utilizados com relação à identificação de pessoas e empresas. Inclusive, nos últimos anos, ocorreram diversos avanços quanto aos controles biométricos para elevar o nível de segurança e proteção. 

Muitas pessoas pensam que biometria consiste apenas na impressão digital, mas não é. Além dessa maneira de autenticação, a biometria também abrange tecnologias que atuam no reconhecimento facial, identificação da voz, averiguação da retina ou íris e até mesmo o reconhecimento pela digitação.

Devido ao alto nível de precisão quanto à identificação das pessoas, a biometria é considerada o recurso mais seguro e eficaz para garantir o sigilo, a comunicação adequada e a proteção de pessoas e empresas.

Como a biometria facial atua na ID digital

Para que a ID Digital atenda aos critérios estabelecidos pela legislação e seja efetiva na proteção e autenticação dos dados e informações, é necessário que ela adote recursos eficazes. A maioria deles envolve sistemas e tecnologias capazes de garantir a segurança dos usuários.

A biometria facial é um desses recursos. Esta é uma maneira eficaz de identificação das pessoas e dispensa a necessidade de senhas que são suscetíveis a invasões, violações ou fraudes. Esse tipo de biometria também oferece maior agilidade, autenticidade e confiança nos processos que envolvem a identificação.

Os sistemas de identificação digital que viabilizam a biometria facial são efetivos e proporcionam a segurança necessária para as pessoas, empresas e demais organizações (sejam públicas ou privadas).

Para os próximos anos, a tendência é que a biometria facial seja cada vez mais comum no nosso dia a dia e item essencial em todas as empresas. A previsão é de que, em grande parte das rotinas e processos internos, a biometria facial seja um dos recursos mais utilizados na identificação digital. 

Como as empresas podem incorporar a ID Digital em seus processos?

Para que as empresas apliquem a identificação digital nas suas rotinas, o primeiro passo é consultar especialistas nesta área. Além de orientações quanto à adoção das tecnologias, as empresas precisam passar por um processo de transição, que envolve uma adaptação das pessoas e também uma readequação das rotinas.

Esse processo é feito de forma gradativa, fazendo que a empresa consiga ganhar em segurança, agilidade e resultados que favorecem a produtividade.

Entre em contato com a Unico, converse com um de nossos especialistas e saiba como a biometria facial pode beneficiar sua empresa.

Conteúdos relacionados

icone logo n unico

Inscreva-se e fique por dentro dos melhores conteúdos

icone de um emoticon sorrindo Não se preocupe, nós nunca te enviaremos spam, ok?

Preencha nosso formulário